Archive | WINE & FOOD RSS feed for this section

Como o cheiro a pão fresco nos torna mais gentis

4 Nov

efeitos do cheiro a pao fresco

Para mim, e julgo que para a maioria, o cheiro a pão fresco é fantástico! Mas a novidade, é que os efeitos desse cheiro, vão muito mais além do que se pode pensar…

Pelo menos, foram as conclusões de um estudo levado a cabo pela Université de Bretagne-Sud e publicado no Journal of Social Psychology, onde analisaram os efeitos de aromas deliciosos na interação social.

O Estudo

Já vários estudos efetuados indicavam para que cheiros agradáveis nos fazem sentir mais felizes e bem dispostos, mas o que os psicólogos deste estudo quiseram concluir era, de que forma esse efeito, se traduzia em alguma ação tangível.

Oito jovens, de ambos os sexos, foram recrutados para a experiência que consistia em estar em frente a uma padaria e uma loja de roupa. O que foi pedido aos voluntários, era que fizessem de conta que estavam a procurar alguma coisa dentro dos seus sacos, e deixassem cair uma luva, lenço, ou pacote de toalhetes em frente a outra pessoa que estivesse a passar. Dois observadores ficaram a cerca de 20 metros de distância e analisaram a reação das pessoas que passavam. Repetiram o teste cerca de 400 vezes.

As Conclusões

77% das pessoas que passavam em frente à padaria avisaram o “estranho” da sua perda, contra apenas 55% das pessoas que passavam em frente à loja de roupa.

O estudo revelou que, em geral, a ajuda espontânea era oferecida mais vezes onde cheiros agradáveis se sentem no ar. Os investigadores acreditam, também, que esta atitude positiva pode também resultar com a exposição a outros aromas.

Via Daily Mail

Francesinha de Vitela Fumada no BB Gormet, Bull & Bear

2 Nov francesinha

bb gourmet Bull & Bear

Foi com grande prazer que recebi o convite para provar em primeira mão a mais recente novidade do BB Gourmet – Bull & Bear: Francesinha com Vitela Fumada.

Tudo aconteceu no dia 31 de Outubro, em ambiente informal e descontraído,  numa mesa redonda com o Jorge Santos (proprietário do grupo BB Gourmet), a Carla Mendonça (Ass. Imprensa BB Gourmet), eu e mais 4 jornalistas. Engraçado achei o facto, de ser eu o único elemento masculino, para além do Jorge :-).

Apresentação francesinha BB Gourmet

Curiosamente, ou talvez não, a francesinha é o prato mais pedido nos restaurantes BB Gourmet (Bull & Bear, Maiorca, Loja Península). Assim, e por ocasião do “Francesinha na Baixa“, festival gastronómico dedicado a este prato, que se realiza na baixa do Porto entre 9 e 18 de Novembro, decidiram lançar esta nova iguaria. Mas, vamos ao que interessa… A FRANCESINHA!!!

francesinha

Os Ingredientes

Usando o pão de corte fino, a salsicha fresca, o fiambre da perna, o cachaço de porco cozinhado , o queijo e o molho cremoso, sem recurso a farinhas, e picante QB, que também fazem parte da tradicional francesinha (com linguiça de porco preto) e que já servem, acrescentaram uma novidade: a vitela fumada.

“…foi uma pequena provocação, juntamos a carne e o fumado, num só ingrediente”

~ Jorge Santos, proprietário BB Gourmet

Francessinha bb com Vitela fumada

Em conversa, falava-se que a francesinha original (da Regaleira), não levava bife, mas sim, carne assada; um facto era que, atualmente, o público em geral identificava como parte integrante de uma francesinha o bife e os fumados.

A vitela fumada

A carne de vitela é primeiro marinada em sal e especiarias, sendo de seguida envolta numa crosta, também  de especiarias, e fumada com madeiras aromatizadas. Por fim, é submetida a uma cozedura em vácuo a baixa temperatura, tudo isto num processo que demora 30 horas. É este o ingrediente principal e que confere à nova francesinha do BB gourmet um sabor especial e diferenciador sem, no entanto, tornar “demasiado” presente o fumo!

A Cerveja

Cerveja Erdinger Pikantus

A bebida escolhida para o pairing deste prato foi a cerveja Erdinger Pikantus com 7,3% de alcool que, diga-se, acompanha na perfeição, mesmo para quem não bebe cerveja (o meu caso :-)! I am more the kind of #winelover).

A Sobremesa

Tartelete e sorvete de limão

Para sobremesa, foi escolhido como ingrediente principal, o limão, que também está no Top de preferências dos clientes BB gourmet. Veio em tartelete e sorvete sendo a forma perfeita de terminar a refeição, uma vez que, com a sua acidez, “corta” o picante do molho da francesinha.

“Gostei bastante do toque do fumado sem exageros desta inovadora e tradicional francesinha que, certamente experimentarei mais vezes!”

A Francesinha de Vitela terá um preço de 11 euros e estará disponível, para já, no Bull & Bear. Podes também prová-la no evento “Francesinha na Baixa“.

Como Organizar um Churrasco de Sucesso!

21 Set como fazer um churrasco de sucesso

 como fazer um churrasco de sucesso

#1 – O motivo

Qualquer um serve! Qualquer motivo é bom para organizar um churrasco: reunião dum velho grupo de amigos, encontro familiar, comemoração duma data especial, final de verão… Tratando-se dum evento muito informal, o importante é comemorar o sol, o ar livre e o convívio!

#2 – Os convidados

Organize a sua lista! É importante juntar pessoas amigas ou pelo menos do mesmo círculo social: assim evita a preocupação de estar constantemente a fazer conversa para que todos se sintam à vontade. Se organizar o churrasco em sua casa, o número ideal de convidados é entre 15 e 30. Ultrapassar este número, implica uma logística muito bem articulada e dificilmente se irá divertir!

NÃO ESQUECER: Verifique se entre os seus convidados existe algum vegetariano e prepare soluções alternativas para esse caso. É meio caminho andado para começar bem!

#3 – A data, não esquecer a previsão do tempo

Informe-se sobre as condições meteorológicas. Cada vez mais difícil de prever, este é um aspecto determinante para o sucesso do seu Churrasco! Depois da data estar marcada, vá verificando a previsão do estado do tempo para esse dia. Se houver alterações e precisar de alterar a data, avise os seus convidados com o máximo de antecedência possível.

#4 – Ferramentas necessárias

Copos, talheres, pratos, guardanapos! Opte por soluções práticas e económicas, não se esqueça de ir verificando se falta alguma coisa aos seus convidados. Pode optar por materiais inquebráveis que hoje em dia existem soluções muito elegantes e, assim, não se partem.

#5 – Começar com bom ambiente

Entradas, saladas e petiscos! Embora a carne seja a protagonista do evento, é muito importante dispor vários pratos rápidos e simples, para que se possa ir petiscando entre conversas. Não é obrigatório que tudo esteja completamente pronto, já que este tipo de evento incentiva a que todos participem. Aqui ficam algumas sugestões muito saborosas: um prato com queijos sortidos partidos em cubos (o ideal é não serem amanteigados), lascas de presunto, azeitonas, saladas frescas com vinagre balsâmico, fruta, grissinis, tostas, …

#6 – A carne: tipos e quantidades

Existe uma grande variedade de carnes para escolher na hora da compra: Picanha, carne de porco preto, frango, salsichas de churrasco, fêveras, etc… A quantidade de carne por pessoa deverá ser aproximadamente de 250 a 350 g para adultos e 150 a 200 g para crianças.

#7 – O tempero

A forma mais tradicional de temperar a carne é usar apenas sal e só no final. Assim, mantém a carne suculenta. Se preferir dar um palato diferente, pode optar por lascas de sal condimentadas com produtos naturais: alho, caril, chili, pimentão, tomate, rosmaninho… existem muitas possibilidades.

#8 – Várias opções de molhos

Além do sal, pode optar por ter uma variedade de molhos para a carne. Neste caso, o melhor é colocá-los em taças e não directamente na carne (cada um tem os seus gostos). Sugestões: Mostarda de diversos sabores, Ketchup, molho barbecue…

#9 – O momento da verdade: Grelhar a Carne! (descubra como pode inovar)

É importante que a carne não tenha sido previamente lavada, pois a água endurece-a. O tempo que irá demorar a assar depende de vários factores, tais como o calor do churrasco, a qualidade do carvão e da lenha, o tamanho da peça. Uma sugestão para dar mais sabor: use lascas de Barricas de Jerez, existem em carvalho, castanheiro ou azinho, e podem ser utilizadas directamente nas brasas do seu churrasco quando este estiver com a temperatura ideal para começar a cozinhar. Outra opção é usar algumas ervas para perfumar. A carne absorve os aromas e fica muito mais deliciosa!

#10 – Comer e Apreciar!

PS: tirem fotos e partilhem nas redes sociais!!! (se me enviarem eu também publico ;-))


Crepes da Francisca

21 Ago

Há uns dias li o artigo abaixo na revista Time Out. Como não podia deixar de ser, fiquei curioso… “curso de crepes na Bretanha”, TENHO DE PROVAR!!!

crepes francisca na time out

E assim foi, ontem andava pelos lados da foz e lembrei-me:

“e se fosse experimentar os crepes da Francisca?”

Cheguei à esplanada da Praia do Homem do leme, vi um menu com crepes e… sentei-me.

“- PF queria escolher um crepe.

– Crepes são ali do outro lado e tem de pagar antes!”

OK (pensei com os meus botões). Pedi as bebidas, e lá fui, conformado, ao outro lado. Olhei para o balcão e não estava ninguém… Entretanto levanta-se uma menina em bikini, que estava sentada na esplanada com o seu tablet e, alguns segundos mais tarde, aparece dentro do balcão.

“- Queria um crepe de Nutella e outro com gelado!

– São X euros – e ficou parada à espera que pagasse; apenas após o pagamento deu início à preparação dos crepes (aliás, os maiores cartazes que se vislumbram dizem: PRÉ-PAGAMENTO)”

Resumindo… Comi o crepe, a massa estava um pouco tostada, mas boa;  vinha coberto com um topping de chocolate, daqueles de bisnaga 😦 (disappointment)… Não seria melhor um bom chocolate quente derretido? Será que no curso da Bretanha não fazem isso? Não sei, mas se não o fazem deveriam experimentar!

A menina era, aquilo que eu chamo, “simpática forçada” – colocava um sorriso a esforço quando falava connosco, tão a esforço que se nota que não é natural :-(. Espero que não seja a Francisca.

Fiquei triste porque o que li (Parabéns, está um texto apelativo e que nos leva a experimentar) depois não corresponde à experiência :-(. Francisca, se vai abrir um quiosque de crepes, desejo a maior das sortes e que tenha apenas sido uma má experiência minha. Má não, prefiro dizer, menos boa!

Fiquei com algumas questões sem resposta:

– O que será que se aprende de tão inovador ou diferente num curso de crepes na bretanha?

– Estar na esplanada com o tablet e em bikini e ir atender os clientes atrás do balcão com pouca vontade, aprende-se em alguma escola de vendas ou hotelaria?

– Ter de pagar duas contas numa mesma esplanada, é pensar no bem estar do cliente?

– Porque se servem crepes com topping em vez de um bom chocolate derretido?

Se alguém souber as respostas PF coloque nos comentários… Ah e gostava de conhecer a Francisca!!!!

Moët Ice Imperial

6 Jul

Moët & Chandon apresenta o Moët Ice Impérial, o primeiro champanhe do mundo a ser criado especificamente para ser degustado com gelo! Sim, ouviram bem… O último take para refrescar o verão em beleza. Apesar de só ter reparado este ano na sua existência, foi lançado já em Maio de 2010, de acordo com a página do Facebook da marca.

A apresentação foi feita em alguns dos destinos de sol mais trendy do mundo, desde Miami a Acapulco, St. Tropez e Sydney; fica aqui o video:

Para o apreciares da melhor forma, a Moët dá a receita:

– Escolhe um copo largo tipo cabernet;
– Deita 12 cL de Moët Ice Imperial previamente gelado;
– Acrescenta 3 cubos de gelo;
– Podes ainda adicionar a guarnição que mais gostares: Lima, Menta, Toranja ou Clementina.

ENJOY!!!

Moet Ice Imperial With Menthe

Moet Ice Imperial with Menthe

É para mim um prazer, ver como uma marca Fundada em 1743, continua a inovar com produtos e marketing fantásticos e a fazer excelente trabalho nas redes sociais…

Outra das novidades é a Moet Ice iPhone app, onde podes dar estilo e um ar de sol às tuas fotos, partilhar com os teus amigos, e ainda fazer um video com apenas alguns cliques.

get moet ice iphone app

The last but not the least… deixo aqui o meu video que decidi tornar o video oficial do Blog!

ENJOY LIVING LA VIDA!!!!

Pierre Hermé – Collection Ephémère #5 – JARDIN DU PARADIS

8 Jun Macaron Jardin du Paradis by Pierre Hermé
Macaron Jardin du Paradis by Pierre Hermé

Macaron Jardin du Paradis by Pierre Hermé

Anis e Açafrão é o sabor do quinto Macaron da colecção Les Jardins sur Pierre Hermé e tem o nome de Jardin du Paradis.

A dualidade de cores escolhidas para este macaron de capa crocante e ao mesmo tempo tenra, forma a perfeita analogia com os sabores do seu recheio. Esta edição apresenta um gosto refinado e de estilo oriental. A Alquimia entre a fragância do açafrão e o anis é sutil: os seus sabores florais, desdobram-se no palato. Eventualmente, o sabor do açafrão vai desaparecendo enquanto permanece o do anis.

Todos os meses, um cartão de colecionador acompanhará a caixa de macarons “Les Jardins”. Os devotos que os recolherem todos os cartões vai esperá-los uma surpresa no final do ano…

Bon Appétit!!!

Pierre Hermé – Collection Ephémère #4 – JARDIN PARFUMÉ

25 Maio

Macaron Jardin Parfumé by Pierre Hermé

O quarto sabor desta colecção Les Jardins sur Pierre Hermé é… Rosa e Jasmim!

Numa conversa entre Pierre Hermé e Jean-Michel Duriez (mestre “perfumer” da Casa Rochas) sobre a fragância com notas de rosas e jasmim do perfume Joy by Patou, este último pediu ao chefe pasteleiro que usasse os mesmos aromas num macaron. Mais do que uma mistura, é uma sucessão de sabores. Bastante distintos, os sabores do creme de rosa e do creme de jasmim concentram, eventualmente convergem, num processo gradual de descoberta. Nem o paladar da rosa, nem do jasmim exatamente, mas um aroma entre os dois que se mostra ao longo da degustação.

Todos os meses, um cartão de colecionador acompanhará a caixa de macarons “Les Jardins”. Os devotos que os recolherem todos os cartões vai esperá-los uma surpresa no final do ano…

Bon Appétit!!!

%d bloggers like this: